Tudo de Om!

Ame



O amor melhora a saúde do coração
 

Para o cardiologista Alejandro Junger, de Los Angeles, o amor é um grande curandeiro. Além de executar eletrocardiogramas e prescrever exercícios e dietas, Junger ensina aos seus pacientes uma técnica simples de visualização com foco no amor, que ele acredita poder ajudar na melhora de um coração fraco – e mais.

Comece fechando os olhos. Respire profundamente e imagine com detalhes minuciosos alguém que você ame – veja-o sorrindo, ouça suas risadas. Então se imagine dizendo ao objeto de seu amor o quanto você o ama. “Normalmente, depois de um minuto de visualização, os pacientes contam que experimentaram sentimentos de amor, paz e alegria”, diz Junger. “Isso os faz lembrar que esses sentimentos já existem dentro deles e podem reaparecer de seus próprios pensamentos.”

Junger acredita que depressão, ansiedade e até doenças do coração podem ser decorrentes de um coração “fechado”, ou por não experimentar as emoções completamente. Quando o amor é trazido à consciência, o bloqueio emocional é liberado e o centro do coração se abre, resultando em uma melhora no humor e em uma sensação de bem-estar geral. O corpo responde à sensação de amor liberando endorfina, que combate o estresse e diminui a pressão sangüínea. O cardiologista acrescenta que pessoas relatam uma sensação de calor e facilidade para encher os pulmões enquanto fazem o exercício. “É uma ferramenta que pode ser usada fora do escritório para uma abordagem mais holística de saúde”, diz ele.

Junger vê a importância dessa técnica em uma escala mais abrangente. “Nossa sociedade está em crise. Existe alguma dúvida de que a maior epidemia hoje é que o coração das pessoas está fechado?”, pergunta ele. “Qualquer coisa que ajude a abrir o coração das pessoas ajudará não somente sua pressão sangüínea, mas toda a vida na terra.”


Um comentário:

  1. Essa dá vontade de sair espalhando para os cardiologistas, e para todos os médicos...
    Abraço com amor para todos!

    ResponderExcluir